Por um acaso

Na alvorada,o céu da espaço para o sol dourado aparecer
Ainda restam gotículas do sereno da madrugada nas flores
A pacata cidade acorda,todas na expectativa de um dia melhor
E eu aqui ,sentada na varanda,suspirando por amores

Lembrando-me daquela tarde
Que apressada,esbarrei em voce
Fiquei corada de vergonha sem saber oque fazer
Sorrindo muito pelo constrangimento
Com pedidos de desculpas pelo acontecimento

Acho que não me esqueci do teu sorriso
O teu jeito cavalheiro de ser
Seria uma peça do destino,que acabava de acontecer
Pois no decorrer do dia me surpreendia,pensando em voce

Não me perdoo de ter negado teu convite
Para tomarmos um cafézinho no bar
Uma desculpa esfarrapada que falei para de ti me esquivar
Mas, quem sabe!!!!
Venhamos nos encontrar

autora:Nilza Rodrigues
images (11)

One Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s