A madrugada

Na calada da noite,ainda estou acordada
Me falta o sono,sobre a cama estou assentada
escrevendo poesias, pois estou apaixonada
E nesse momento me sinto abraçada
No aconchego da cama, entre mantas coloridas
Encostada em meus travesseiros estou envolvida
sob a meia luz do meu quarto
na escrivaninha o meu retrato
Rolo na cama na manta enrolada
O perfume de meu cabelo suave,me faz relaxar
o creme de minhas mãos conseguem me acalmar
as horas se passam e o sono começa a chegar
Vou parar de escrever,para poder descansar

carinhosamente
Nilza Rodrigues

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s