A imagem

 

Essa imagem guardo comigo em um quadro , ao ve-lo me recordo do dia em que tirei essa foto.Era um dia como qualquer outro, acordei,tomei o café da manhã e comecei a fazer meus afazeres domésticos, porém não sabia oque me aguardava aquele dia, eu sai a dar umas voltas pelas ruas e observava as pessoas ao meu redor, todas elas indiferente ao que me estava acontecendo, sentia um nó na garganta, em aperto no peito, e uma vontade de chorar, minhas mãos congeladas soavam, calafrios  pelo corpo e pensamento iminente de morte; pronto; sabia que me estava acontecendo mas uma crise da síndrome do panico,eu tentei a todo custo voltar pra casa, mas passavam-se milhares de pensamentos em minha cabeça, uma sensação de carencia muito grande, quando entrei em minha casa, tomei meu calmante e me deitei,não consegui me deitar,me levantei novamente, e comecei a orar a Deus, chorei muito e aquela sensação devastadora de solidão e desamparo começaram a desaparecerem, fui tocada por mãos invisíveis em que me abraçaram, me senti refugiada e consolada, e abraçada ao meu caderno de poesias, ainda com a caneta mas mãos adormeci, quando acordei me vi no espelho,assim tão vulnerável , era como se eu fosse uma menina,  que estava assustada mas alguem me abraçou e me aconchegou, tirei a foto d imagem no espelho, que era  eu mesma…

 

beijo e abraço carinhoso:

Nilza Rodrigues

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s